Ir para o Conteúdo

Equipamento tem diversas valências

Novo Centro Comunitário de Santo António dos Cavaleiros

24.07.2017

O Centro Comunitário de Santo António dos Cavaleiros abriu oficialmente portas à população no dia 22 de julho, dando-se assim por terminado um processo que teve início em 2001.  

 

  • Novo Centro Comunitário de Santo António dos Cavaleiros
  • Novo Centro Comunitário de Santo António dos Cavaleiros
  • Novo Centro Comunitário de Santo António dos Cavaleiros
  • Novo Centro Comunitário de Santo António dos Cavaleiros
  • Novo Centro Comunitário de Santo António dos Cavaleiros

 

Mais de uma centena de pessoas marcaram presença na abertura do novo Centro Comunitário, que teve início com uma visita ao equipamento que terá as valências de creche para 46 crianças, jardim de infância (45 crianças), ATL (54 crianças) e ainda centro de dia para a terceira idade, com apoio domiciliário.

Conhecidas as instalações, os presentes reuniram-se no auditório para assistir a um primeiro momento musical protagonizado pelos futuros utilizadores deste equipamento - as crianças do jardim de infância O Reguila – que cantaram o hino da instituição, que surge em 1982 como Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS).

Henriqueta Sabino, presidente da Associação de Moradores de Santo António dos Cavaleiros (AMSAC) começou por fazer uma breve resenha da história da AMSAC, agradecendo a todos os que, “de uma forma abnegada e voluntária”, deram o seu contributo para que Associação de Moradores “ao longo dos seus 47 anos de existência, nunca defraudasse os Condes de Borba”, que foram quem, “em 1976, graças ao trabalho que a AMSAC ia desenvolvendo no campo social, doou estes terrenos onde estamos hoje”.

Henriqueta Sabino terminou referindo que “este é um dia de muito importante para toda a família AMSAC, em que podemos dizer com orgulho que temos um Centro Comunitário”.

 

Dia importante para Santo António dos Cavaleiros

O presidente da Câmara Municipal de Loures começou por dizer que “quem viesse hoje aqui estranharia encontrar tantas emoções, tanta gente de lágrima no olho. Mas isso seria porque não tinham compreendido tudo o que esta por trás deste momento que hoje estamos aqui a viver”, lembrou Bernardino Soares, fazendo uma breve referência ao atribulado processo relativo à construção deste equipamento.

O autarca recordou que no início do atual mandato autárquico “havia uma parte da obra que era da responsabilidade da Hercesa” – o urbanizador – e a restante, que seria a Câmara Municipal a completar. “O urbanizador andava a marcar passo a fazer a parte que lhe cabia, e não havia dinheiro na Câmara previsto para fazer o que faltava”. Tendo em conta que o urbanizador “não tinha concluído, em tempo oportuno – até 2011 –, a parte que lhe cabia, teria que nos passar o dinheiro que ainda não tinha investido para juntarmos ao milhão e meio de euros que arranjámos e fazermos a obra por completo”, lembrou. “Foi uma questão de dinheiro, de investimento, mas também de capacidade de negociar, de convencer e de exigir aquilo que era, por direito, do Município, mas sobretudo que era, por direito, da AMSAC e da população de Santo António dos Cavaleiros”.

Bernardino Soares terminou referindo que este “é um dia muito importante porque temos um novo equipamento, porque cumprimos um compromisso que o Município, há muitos anos atrás, assumiu com a AMSAC”, quando cederam o terreno para a construção das Piscinas Municipais como contrapartida da construção Centro Comunitário, mas também “para mim e para este executivo municipal porque cumprimos um compromisso que assumimos com a população de Santo António dos Cavaleiros, de que este Centro Comunitário tinha de estar pronto até ao final do mandato – e está”.

Seguiu-se a atuação da Orquestra Ligeira da Academia Sons & Harmonia, sobre a orientação do maestro Luciano Franco e um pequeno beberete para todos os que fizeram questão de marcar presença nesta cerimónia, como foi o caso do vice-presidente da Autarquia Paulo Piteira, dos vereadores Tiago Matias, Maria Eugénia Coelho e Sónia Paixão, bem como as presidentes da Assembleia Municipal, Fernanda Santos, e da União das Freguesias de Santo António dos Cavaleiros e Frielas, Glória Trindade.

 


Imprimir Enviar a um amigo Endereço direto da página Imagem separadora