saltar para o corpo principal da página (tecla de atalho: 2)
Logotipo da Câmara Municipal de Loures Ambiente

Jardins e Parques

 

Quinta dos Remédios

A Quinta dos Remédios, situada na Bobadela, data do séc. XVIII e foi, durante dois séculos, uma quinta de produção agrícola, com casa senhorial, lagar, poço com nora, e tanque de rega, com laranjeiras, vinha, oliveiras, e terras de semeadura.
Três séculos depois, a conjugação de vontades do Município de Loures e do Instituto Superior Técnico (entidade proprietária do espaço), expresso num protocolo de colaboração, abriu os portões da quinta à comunidade.
A abertura, em 2016, do parque de recreio e lazer da Quinta dos Remédios, com uma área de cerca de 4,3 hectares, corresponde à primeira fase de um amplo projeto previsto para a quinta.

Atividades
O Parque da Quinta dos Remédios permite desfrutar o olival e apreciar as vistas do Tejo e da Ponte Vasco da Gama, observar a fauna ou simplesmente caminhar.
O Jardim de Ciência, vocacionado para atividades lúdicas, oferece oportunidades únicas para um contacto próximo com os desafios tecnológicos.
Porque acreditamos que uma experiência sensorial ampla também se faz de conforto e amplitude de horizontes, o parque oferece uma cafetaria com esplanada, para, calmamente, desfrutar do sossego e da vista, ou apenas tomar uma bebida.
Os entusiastas da atividade física, por sua vez, têm ao seu dispor um circuito pedonal para jogging, e diversos equipamentos desportivos de ginástica ao ar livre.
O parque tem ainda uma rede tridimensional, em forma de pirâmide, para as crianças poderem brincar, e uma zona de merendas, com oito conjuntos de mesas, bancos de piquenique, papeleiras e bebedouro.
A curto e médio prazo serão executadas as restantes duas fases do Parque da Quinta dos Remédios, que afirmarão este espaço, no contexto da Área Metropolitana de Lisboa, como uma peça essencial na valorização do património ambiental da frente ribeirinha do Tejo.
A instalação de um centro de ciência e tecnologia, baseado na reabilitação do Palácio dos Condes de Mendia, situado à entrada da quinta.
O palácio servirá de palco para atividades pedagógicas e divulgação científica e cultural;
Um plano de pormenor, de acordo com as metas do Plano Diretor Municipal (PDM), que consolidará o espaço como um parque de fruição pública, intimamente ligado ao polo de ciência e tecnologia do Instituto Superior Técnico. O plano, no seu todo, visa a criação de uma estrutura de referência na Área Metropolitana de Lisboa, inserida numa zona paisagística harmoniosa e requalificadora do tecido urbano envolvente.

Morada
Rua D. Afonso Henriques
Bobadela

Contactos
Departamento de Ambiente
211 150 348

Horário
Todos os dias

Inverno
(novembro › março)
7:00 › 17:00

Verão
(abril › outubro)
7:00 › 20:00

  • Entrada Quinta dos Remédios
  • Vista geral Quinta dos Remédios
  • Vista rio Tejo
  • passadiço Quinta dos Remédios


saltar para o índice de conteúdo (tecla de atalho: 3) regressar à navegação principal da área (tecla de atalho: 1)